Os membros do Conselho Deliberativo do IEAC-Unifesp

PRESIDENTE

Ivo da Silva Júnior

É professor adjunto de História da Filosofia da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Graduou-se em filosofia, defendeu o mestrado (2000) e o doutorado (2005) pela Universidade de São Paulo (USP). Realizou estudos entre 2003-2004 e estágio pós-doutoral entre 2010-2011 na Universidade de Reims, França. É editor-responsável dos Cadernos Nietzsche (Qualis A1) É igualmente membro do GIRN - Groupe International des Recherches sur Nietzsche, do HyperNietzsche, do GT - Nietzsche da ANPOF, do GEN - Grupo de Estudos Nietzsche e diretor do CENBRA (Centro de Estudos Nietzsche: recepção no Brasil). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase no pensamento de Nietzsche e na filosofia francesa contemporânea.

 

 

VICE-PRESIDENTE 

Maria Lúcia Oliveira de Souza Formigoni

MaluFormação: Graduada em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Escola Paulista de Medicina (EPM) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em 1979; onde concluiu o Mestrado (1982) e Doutorado em Farmacologia - área de concentração em Psicofarmacologia e Livre-Docência em Psicobiologia (2001). Atuação administrativa: Pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (de setembro de 2008 a março de 2009 e de fevereiro de 2013 a abril de 2017). Entre 1997 e 2007 foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia (nota 7 da CAPES), tendo sido também chefe do departamento de Psicobiologia (de abril de 2007 a fevereiro de 2013). De 2002 a 2007 chefiou a Disciplina de Medicina e Sociologia do Abuso de Drogas do Departamento de Psicobiologia da UNIFESP. Atuação em sociedades científicas/comitês de experts: É editora-assistente da revista Addiction, membro do corpo editorial da revista Addiction Science & Clinical Practice, parecerista de vários periódicos nacionais e internacionais, membro da Research Society on Alcoholism e da Latin American Society for Biomedical Research on Alcoholism (LASBRA). Foi vice-presidente da ISBRA (International Society of Biomedical Research on Alcoholism - 2006-2010), membro temporário do comitê de experts da Organização Mundial de Saúde (OMS) para definição das Políticas sobre Álcool e consultora da SENAD (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas). Foi membro da diretoria e preside o conselho fiscal da Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP). Coordena pesquisas básicas em Neurobiologia do Abuso de Drogas e projetos clínicos/epidemiológicos sobre alcoolismo e dependência de drogas, principalmente sobre detecção precoce do uso e intervenções breves e na formação de recursos humanos na área de dependência de drogas. Orientou diversos trabalhos de conclusão de cursos de graduação, aperfeiçoamento e especialização, Mestrados (26) e Doutorados (21) e supervisionou 4 estágios de pós-Doutorado. Coordenadora no Brasil de projetos multicêntricos internacionais desenvolvidos por pesquisadores apoiados pelo Substance Abuse Department of WHO (World Health Organization), dentre os quais destacam-se: a) o estudo de marcadores biológicos de alcoolismo (sendo parte do grupo de pesquisadores ?WHO-ISBRA Biological Markers Group?); b) o desenvolvimento, validação e testagem de instrumentos de triagem do uso de álcool e outras drogas associada a Intervenção Breve (WHO-ASSIST) e c) Portal Alcohol e-health (no Brasil: www.informalcool.org.br), desenvolvido em parceria com pesquisadores brasileiros e do México, Índia e Bielorússia e Holanda. Em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), idealizou e coordenou os cursos de capacitação por Educação à Distância SUPERA (Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias Psicoativas: Encaminhamento, intervenção breve, Reinserção social e Acompanhamento), ofertado (em 12 edições) a 135.000 profissionais de saúde de todos os estados do país e o curso Fé na Prevenção (3 edições), ofertado a 25.000 líderes religiosos e comunitários. Researcher ID: B-5736-2011. http://www.researcherid.com/rid/B-5736-2011. Várias abreviaturas do seu nome são utilizadas em citações de produções individuais (Formigoni, MLOS; FORMIGONI, MLO; FORMIGONI, MLOD; SOUZAFORMIGONI, M; SOUZA-FORMIGONI, ML; SOUZA-FORMIGONI, MLO; SOUZA, MLO; DESOUZA, MLO; DESOUZA-FORMIGONI, MLO; OLIVEIRA SOUZA-FORMIGONI, ML; FORMIGONI ML) ou como parte de grupos de autoria (Brazilian ASI Group [Corporate Author] or [WHO/ISBRA Study on State and Trait Markers of Alcohol Use and Dependence Investigators]). Google scholar: http://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=OxqeJaQAAAAJ

  

MEMBROS EXTERNOS À UNIFESP

Grande área de Engenharias, Exatas e da Terra

Altay Lino de Souza

Psicólogo e Graduando em Estatística atuando como pesquisador de dados e metodólogo no Departamento de Psicobiologia da UNIFESP, Centro de Comunicações e Ciências Cognitivas da Escola de Comunicações e Artes da USP (ECAUSP) e no Núcleo de Estudos sobre Violência da USP. Possui experiência em teorias de Julgamento, Decisão e Escolha aplicadas com utilização de métodos Quali-Quantitativos em Psicologia e Contabilidade com uso de dados neurofisiológicos (EEG, Fmri, EKG, Eye-Tracker), medidas psicométricas e dados georeferenciados. Estes dados são combinados com uso de modelos multivariados (Modelagem de Equações Estruturais, GLM, Time Series), com uso de softwares estatísticos e linguagem de programação (JASP, JAMOVI, SPSS, Matlab, R e SAS, Python), além de métodos de entrevista (Metodologia Q, Grounded Theory). Atualmente minhas linhas de pesquisa e interesse são relacionadas com Pesquisa em Comunicação (usando narrativas e aplicativos voltados para avaliar processos de aprendizagem), Epidemiologia aplicada a Saúde e Sociologia, Medicina do Sono e Análise de Dados Multivariados. Além disso, atua como membro do ATS MECOR Program - Methods in Epidemiologic, Clinical and Operation Research - Faculty Member desde 2013 (participando no MECOR Turquia, India, Vietna e America Latina), além de ser colaborador da UNAH (Universidade Nacional Autonoma de Honduras), desenvolvendo a capacidade de pesquisa dos alunos de graduação em ciências médicas na América Central. Por fim, é co-host do Podcast NARUHODO (https://goo.gl/ovSYRE) de divulgação científica que está entre os mais ouvidos na área de Ciências Sociais e Medicina segundo ranking do ITunes 2019 e criador do canal do Youtube Cientistica (www.cientistica.com) sobre Análise de Dados e Metodologia Científica para alunos de graduação e pós-graduação em quaisquer áreas.

Suplente:

 

Grande área de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias:

Paulo Saldiva

Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1977, doutorado em 1983, Livre-Docente em 1986 e Professor Titular do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1996. Concentra atividades de Pesquisa nas áreas de Anatomia Patológica, Fisiopatologia Pulmonar, Doenças Respiratórias e Saúde Ambiental, Ecologia Aplicada, Cidades e SaúdeHumana, Humanidades e Antropologia Médica. Ciclista e gaitista. Diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP desde abril de 2016.

Suplente: Guilherme Ari Plonski

Ao longo de sua trajetória acadêmica, o Prof. Ary se especializou em gestão do conhecimento, principalmente no tocante ao uso da tecnologia para melhoria das condições de saúde da nossa população. Além disso, ele é o atual Coordenador da Rede UBIAS, uma rede que reúne institutos de estudos avançados localizados em campi universitários do mundo todo, contando hoje com um total de 44 membros.

 

Grande área de Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes:

Renato Janine Ribeiro, ex-Ministro da Educação, Professor aposentado da USP.

renato janineRenato Janine Ribeiro foi Ministro de Estado da Educação, de 6 de abril a 5 de outubro de 2015. Desde 1994, é professor titular da Universidade de São Paulo, na disciplina de Ética e Filosofia Política. Em 2016 se tornou Professor Honorário do Instituto de Estudos Avançados da USP. É pesquisador sênior do CNPq e professor sênior da Universidade de São Paulo. Atualmente é professor visitante na UNIFESP, onde criou, em 2019, o Instituto de Estudos Avançados e Convergentes - IEAC-UNIFESP. Também é secretário nacional da SBPC, para o quadriênio 2019-23. Formou-se em Filosofia pela USP em 1971 e defendeu seu mestrado na Université de Paris-I, Panthéon-Sorbonne, em 1973. Concluiu o doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo em 1984. Formou 19 doutores e 16 mestres. Foi representante dos Professores Titulares da USP no Conselho Universitário. Tem 99 capítulos de livros (isto é, artigos publicados em livros). Publicou 14 livros como autor único, 3 em parceria e ainda organizou 4 livros coletivos. Participou de 18 eventos no Brasil. Publicou 82 artigos em periódicos especializados, 14 trabalhos em anais de eventos e 20 prefácios e/ou posfácios. Recebeu o prêmio Jabuti de melhor ensaio (2001), a Ordem Nacional do Mérito Científico (1997), a Ordem de Rio Branco (2009), a Ordem do Mérito Naval (2015) e a Grande Medalha da Inconfidência (2018). Presidiu o I Congreso de Estudiosos de Brasil en Europa, em Salamanca (2008). Concebeu e apresentou duas séries de programas de televisão sobre Ética, na TV Futura, depois apresentadas na TV Globo, compondo-se a primeira de seis programas sobre Dilemas e a segunda, também de 6 programas, sobre Liberdade. Foi consultor do Novo Telecurso, para a disciplina de Filosofia. Atua na área de Filosofia Política, com ênfase em teoria política. Foi membro do Conselho Deliberativo do CNPq (1993-7), do Conselho da SBPC (1997-9), secretário da SBPC (1999-2001). Como Diretor de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes (2004-8), dirigiu em 2004 e 2007 as avaliações trienais de mais de 2.500 cursos de mestrado e doutorado do Brasil. Foi membro do Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Avançados da USP. Pertenceu à Comissão de Atividades Acadêmicas. Presidiu o Conselho de Ética da mesma Universidade e preside a Comissão de Ética do CIEB - Centro de Inovação para a Educação Brasileira. No âmbito das artes e cultura, é membro do Conselho Consultivo de Inhotim. Também é membro do Conselho Superior de Estudos Avançados da FIESP. Em suas atividades profissionais interagiu com 5 colaboradores, co-autores de trabalhos científicos seus. Em seu CV Lattes, os termos mais frequentes na contextualização da produção científica são: Thomas Hobbes, democracia, filosofia política, Brasil, filosofia, política, república, teoria política, Inglaterra e universidade. Seu indice H é 38, e seu índice i10 é 95.

Suplente: Mario Vitor Santos

É mestre em Drama Antigo e Sociedade pela Universidade de Exeter, na Inglaterra, e doutor em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (USP). Knight Fellow da Universidade Stanford. Sócio e diretor-executivo da Casa do Saber. Prepara uma tradução dos sonetos de Shakespeare, já sua tradução de A Virgem de Orleans, de Friedrich Schiller, encenada em São Paulo em 2013 pelo Teatro do Incêndio, está no prelo. Jornalista graduado pela Universidade Federal Fluminense, foi ombudsman do portal iG, posição que já havia ocupado por duas vezes na Folha de S.Paulo, veículo de que também foi secretário de Redação e diretor da Sucursal de Brasília no período da Assembleia Constituinte de 1988. Atualmente, a convite da Unesco, prepara o Programa de Formação de Lideranças para a América Latina e o Caribe, a ser implantado a partir de 2020 nas próprias instalações da Unesco em Villa Ocampo, próximo a Buenos Aires.

 

Área de Cultura:

Martin Grossmann, ex-diretor do IEA-USP, responsável pela inserção do IEA-USP na rede mundial de IEAs (conhecida como UBIAS), presidente e criador do Forum Permanente de Museus, ex-diretor do MAC-USP.

Professor Titular da Universidade de São Paulo. Pesquisador Associado do Interdisciplinary Laboratory Image Knowledge Gestaltung da Humboldt Universität zu Berlin (2016-). Distinguished Visiting Professor do Institut for Advanced Studies, University of Birmingham (2015-2016). Coordenador Acadêmico da Cátedra Olavo Setúbal de Arte e Cultura do Instituto de Estudos Avançados?IEA-USP. Diretor do do IEA-USP (2012-2016). Diretor do Centro Cultural São Paulo (2006-2010). Vice-Diretor do Museu de Arte Contemporânea da USP (1998-2002) Idealizador e Curador-Coordenador do "Fórum Permanente: Museus de Arte, entre o público e o privado" [www.forumpermanente.org]. Idealizador e Coordenador do Serviço Educativo do MAC-USP de 1985 a 1987. Idealizador e Coordenador da primeira interface/portal/site do USPonline [www.usp.br] (1995-1998). Conselheiro do Conselho Estadual de Educação, Secretaria de Estado da Educação de São Paulo (2016-) Práticas estas em Gestão Cultural e Acadêmica apoiadas pelas pesquisas e estudos em Curadoria; Ação, Mediação e Política Cultural; Museologia; Critica, Teoria e História da Arte e da Arquitetura. As pesquisas acadêmicas desenvolvidas desde o mestrado problematizam a transição da Cultura Material para uma Cultura na virtualidade; a relação entre Arte Contemporânea, seus agentes e as Instituições; os processos de mediação cultural e artística; bem como o desenvolvimento e manutenção de Sistemas de Informação para a Arte e a Cultura.

Suplente: Regina Silvia V. Monteiro Pacheco

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1979), mestrado em Urbanismo e Desenvolvimento Urbano - Universite de Paris-Est (1981) e doutorado em Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente - Universite de Paris-Est (1985). É professora do quadro permanente da Fundação Getulio Vargas - SP, desde 1988. Foi presidente da ENAP Escola Nacional de Administração Pública, entre 1995 e 2002. No mesmo período, foi representante alterno do Brasil junto ao CLAD - Consejo Iberoamericano de Administración para el Desarrollo; desde 2015 integra seu Conselho Científico e o preside desde 2017. Foi uma das criadoras dos Congressos CONSAD de Gestão Pública em 2008 e integrou seu Conselho Científico até 2015. Foi Coordenadora Executiva do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC (1990-1992). Criou e coordenou o Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas da FGV EAESP, entre 2008 e 2017 - que obteve certificação plena pelo IIAS International Institute of Administrative Sciences (2015-2019). Integrou o Editorial Board do periódico PAR Public Administration Review (2014-2018). Criou e coordena a primeira Residência em Capital Humano no Setor Público (2018-2019). Integra o UNCEPA United Nations Committee of Experts on Public Administration (2017-2021). Sua área de pesquisa abrange Governo e Gestão Pública, com ênfase nos seguintes temas: Reforma do Estado, relações entre as esferas pública e privada, regulação, contratualização de resultados no setor público, provisão de serviços públicos, gestão de pessoas no setor público, mecanismos não-financeiros de motivação, critérios de nomeação para dirigentes públicos.

 

Entidade / organização social: 

Danilo Miranda

Danilo Santos de Miranda é Diretor Regional do Sesc São Paulo. Especialista em ação cultural, é formado em Filosofia e em Ciências Sociais, tendo realizado estudos complementares na Pontifícia Universidade Católica e na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, e no Management Development Institute, em Lausanne, na Suíça. Foi Presidente do Comitê Diretor do Fórum Cultural Mundial, em 2004, e Presidente do Comissariado Brasileiro do Ano da França no Brasil, em 2009. Atua como Conselheiro em diversas entidades brasileiras, com destaque para o Museu Paulista, Bienal de São Paulo, Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Museu de Arte de São Paulo – MASP, Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM-SP e Conselho Todos pela Educação. Internacionalmente, integra os conselhos da Art for the World, na Suíça, e da International Society for Performing Arts – ISPA, nos EUA. Foi vice-presidente do ICSW – Conselho Internacional de Bem-Estar Social, de 2008 a 2010. Entre outras publicações, organizou Ética e Cultura (Editora Perspectiva; Edições Sesc SP, 2011); Memória e Cultura: a importância da memória na formação cultural humana (Edições Sesc SP, 2007); e O parque e a arquitetura: uma proposta lúdica (Editora Papirus, 1996). Colaborou com Mauro Maldonato no livro Na base do farol não há luz: cultura, educação e liberdade (Edições Sesc SP, 2016) e com Gabriele Cornelli, em Cultura e alimentação: saberes alimentares e sabores culturais (Sesc, 2007). Em reconhecimento por seu desempenho na área cultural, foi condecorado com o título de Comendador da Ordem Nacional do Mérito do Governo Francês, além de agraciado com a Grande Cruz do Governo Alemão e com a Ordem Nacional de Mérito da Coroa Belga.

Suplente: Marta Raquel Colabone

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1989). Especialização em Gestão de Processos Comunicacionais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (2003). Especialização em Artes pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (2006). Formação em Psicanálise pelo Centro de Estudos Psicanalíticos (2016-2018). Gerente do Centro de Pesquisa e Formação, do Serviço Social do Comércio, em São Paulo (2012 - 2013). Gerente de Estudos e Desenvolvimento, do Serviço Social do Comércio, em São Paulo, desde 2006. Tem experiência em ação cultural, atuando em equipes multidisciplinares nas áreas de Cultura, História e Memória.

 

MEMBROS INTERNOS À UNIFESP:

Cientistas / intelectuais

Esper Abrao Cavalheiro

Médico, É Professor Titular Do Departamento De Neurologia E Neurocirurgia Da Escola Paulista De Medicina Da Universidade Federal De São Paulo. É Membro Titular Da Academia Brasileira De Ciências, Da International League Against Epilepsy, Do International Bureau Of Epilepsy. Foi Presidente Do Cnpq E Secretário De Politicas E Programas De Ciência E Tecnologia Do Ministério De Ciência E Tecnologia. Foi Presidente Do Forum De Pró-Reitores De Pesquisa E Pós-Graduacao, Coordenador Do Programa De Pós-Graduacao Em Neurologia E Neurociencia Da Unifesp E Vice-Presidente Da Academia De Ciências Do Estado De São Paulo. Desenvolve Pesquisas Em Neurociências Com Foco Nos Mecanismos Subjacentes Aos Principais Distúrbios Neurológicos, Área Em Que Publicou Mais De 420 Artigos Em Periódicos Especializados. Possui 20 Capítulos De Livros E 5 Livros Publicados. Orientou 32 Dissertacoes De Mestrado E 35 Teses De Doutorado Nas Areas De Medicina E Fisiologia. Recebeu 8 Prêmios E/Ou Homenagens, Entre Os Quais Destacam-Se A Grã-Cruz Da Ordem Do Mérito Científico Nacional E O Título De Comendador Da Ordem Do Rio Branco. Atuou Como Assessor Do Centro De Gestão E Estudos Estratégicos Em Ciência Tecnologia E Inovação Onde Liderou Estudos De Prospecção Estratégica Em Várias Áreas Do Conhecimento. Entre 2010 E 2015 Foi Presidente Do Conselho Científico Do Instituto Apae De São Paulo. Em 2013 Assumiu A Pró-Reitoria De Planejamento Da Unifesp, Cargo Que Exerceu Até Abril De 2017. É Membro Do Conselho De Administração Do Cnpem E Membro Do Conselho Superior Da Fundação Péter Murányi . Assumiu A Pró-Reitoria De Pós-Graduação E Pesquisa Da Unifesp Em Maio 2017. Após Sua Aposentadoria Na Unifesp (Setembro 2018), Assumiu Cargo De Pesquisador Do Cnpem Em Campinas.

Suplente: Reinaldo Salomão

Graduado em medicina em 1982 pela Escola Paulista de Medicina - EPM, onde fez Residência Médica. Defendeu mestrado (1988) e doutorado (1992) na mesma Instituição. Estágio no Instituto Max-Planck de Imunobiologia, em Freibrurg, Alemanha, de 1988 a 1990. Professor Titular do Departamento de Medicina/Disciplina de Infectologia, Escola Paulista de Medicina, Unifesp a partir de 2006. Chefe do Departamento de Medicina da EPM/Unifesp (2011-12) e Presidente da Coordenadoria de Ensino e Pesquisa do Hospital São Paulo, Hospital Universitário da EPM/Unifesp. Pró-reitor de Pós-graduação e Pesquisa da Unifesp (2012-13). Presidente do Instituto Latino-Americano de Sepse (ILAS) 2013 -2016. Pesquisador 1D do CNPq. Linha de Pesquisa: Imunologia da Sepse.

 

Olgária Matos

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1970), mestrado em Filosofia - Université Paris 1 (Panthéon-Sorbonne) (1974) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1985). Atualmente é professora titular aposentada da Universidade de São Paulo e professora titular no Departamento de Filosofia da EFLCH-Unifesp. É Coordenadora da Cátedra Edward Saïd (Unifesp). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia, atuando principalmente nos seguintes temas: tempo, filosofia, razão, democracia e história.

Suplente: Cynthia Andersen Sarti

Fez graduação em ciências sociais na Universidade de São Paulo/USP (1977), mestrado em ciências sociais (1986) e doutorado em antropologia (1994) na mesma universidade. É livre-docente pelo Departamento de Medicina Preventiva da Universidade Federal de São Paulo/Unifesp (2003). Desde 1994, é professora na Unifesp, onde foi coordenadora do processo de implantação da área de ciências humanas no Campus Guarulhos, dentro da recente expansão das universidades federais brasileiras, e Diretora Acadêmica desse campus desde sua criação em 2006 até fevereiro de 2009. Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais desta universidade desde sua abertura em setembro de 2010 até maio de 2015. Atualmente é diretora da Editora Unifesp e integra, como professora titular, o Departamento de Ciências Sociais da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da UNIFESP/Campus Guarulhos. Atua na área de antropologia, com ênfase nos seguintes temas: sofrimento, violência, vítima, testemunha, memória; corpo, saúde e doença; moralidade; gênero.

 

Representantes dos campi

 Campus São Paulo: 

Regina Helena da Silva

ReginaPossui graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (1994), mestrado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (1997) e doutorado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (2001). Realizou estágio de pós-doutoramento na UNIFESP como bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (2002-2003). Foi professora visitante do departamento de farmacologia da UNIFESP (2004-2005). Posteriormente, atuou como professora efetiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, orientando pelo Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, do qual foi vice-coordenadora. Desde julho de 2014, é Professora Associada da Universidade Federal de São Paulo. Atua na área de pesquisa básica em neuropsicofarmacologia com ênfase nos seguintes temas: memória e aprendizado, relação memória e estados emocionais e modelos animais de distúrbios do sistema nervoso central.

 

Suplente: Alba Lucia Bottura Leite de Barros

Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (1974), Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (1988), Mestrado em Fisiofarmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (1987), Doutorado em Fisiofarmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (1989) e Livre-Docência em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (1998). Desde 2004 é Professora Titular da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Enfermagem. Tem experiência no cuidado clínico em enfermagem na área de cardiologia, utilizando referências teórico e metodológicas de enfermagem. É líder do Grupo de Pesquisa Sistematização da Assistência de Enfermagem. Pesquisadora CNPq nível 1A. Coordenadora da área de Enfermagem - CA-EF CNPq 2013 a 2015. Suas pesquisas são desenvolvidas nas Linhas de Pesquisa: Cuidado Clínico de Enfermagem e Saúde e Fundamentos, Métodos, Processos e Tecnologias em Enfermagem e Saúde. Objetivos dos estudos referem-se aos cuidados de enfermagem e educação à saúde em adultos, na área de Cardiologia, ao método processo de enfermagem e às classificação de diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem classificados NANDA International, NIC (Classificação das Intervenções de Enfermagem) e NOC (Classificação dos Resultados de Enfermagem). Fellow da NANDA-I.

 

Campus Diadema:

Simone Georges El Khouri Miraglia

Professor Livre-Docente Associado I do Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal de São Paulo - Campus Diadema. Líder do Laboratório de Economia, Saúde e Poluição Ambiental (LESPA). Atua na área de Administração e Economia com ênfase em Gestão Ambiental e Valoração Econômica Ambiental e da Saúde. Tem conduzido estudos sobre Avaliação de Impacto à Saúde (AIS) e valoração econômica ambiental dos impactos da poluição atmosférica na saúde. Tem experiência na área de Gestão Ambiental, com ênfase em Economia Ambiental, Poluição Atmosférica, Valoração Econômica Ambiental, Avaliação de Impacto em Saúde (AIS), Sustentabilidade e Saúde Ambiental.

Suplente: João Miguel de Barros Alexandrino

Possui graduação em Biologia pela Universidade do Porto (1992), mestrado em Ecologia Aplicada pela Universidade do Porto (1995), doutorado em Biologia pela Universidade do Porto (2000) e pós-doutorado na Universidade da Califórnia - Berkeley (2001-2004) e Universidade Estadual Paulista (2005-2010). Foi bolsista da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (Portugal) entre 1995 e 2005, e bolsista Jovem Pesquisador da FAPESP entre 2005 e 2010. Desde 2010, é Professor Adjunto na Universidade Federal de São Paulo (campus de Diadema). Entre 2014 e 2018, ocupou o cargo de Diretor do Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas, campus Diadema, da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência nas áreas de Biogeografia e Genética e Evolução, com ênfase em Genética de Populações e Filogeografia. O início da sua trajetória de pesquisa no Brasil (2005-2015) teve o objetivo de entender os mecanismos de diversificação biológica de espécies de anfíbios anuros (sapos, rãs e pererecas) com distribuição ampla na Mata Atlântica do Brasil. Atualmente, está interessado na aplicação de modelos evolutivos a fenômenos culturais, como percepção pública da teoria da evolução e percepção pública do conceito de sustentabilidade.

 

Campus Guarulhos: 

Marcos Cezar de Freitas

Marcos CesarSou Professor Associado Livre-Docente do Departamento de Educação da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo. Sou orientador de mestrado e doutorado. Supervisiono pós-doutorados. No que diz respeito ao ensino, iniciei a carreira de professor da educação básica na escola pública em 1982 e em 1988 tornei-me professor universitário atuando, desde então, na formação de professores no Curso de Pedagogia oferecendo cursos sobre a construção social da infância. No que diz respeito à pesquisa, vulnerabilidades infantis e educação inclusiva são os temas que pesquiso. Em perspectiva antropológica abordo a educação de crianças com deficiências ou cronicamente enfermas. Coordeno o Projeto de Pesquisa EDUCINEP - Educação Inclusiva na Escola Pública, que abriga a Plataforma de Saberes Inclusivos com colaboradores do Brasil e do exterior. Desenvolvo projeto de produtividade em pesquisa financiado pelo CNPq. No que diz respeito à extensão, organizei e coordeno a Escola Livre para Formação Inclusiva, que em parceria com escolas públicas e equipamentos de saúde oferece formação a respeito da educação de crianças cronicamente enfermas.    

 

Suplente: Fernando Atique

Fernando AtiqueFernando Atique é Professor Associado do Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo, onde ministra cursos na graduação e na pós-graduação na área de História, Espaço e Patrimônio Edificado. É arquiteto e urbanista (1999), mestre em Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo 2002) e doutor em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo (2007) pela Universidade de São Paulo - USP. Foi pesquisador (Visiting Scholar), com bolsa CAPES, na University of Pennsylvania - Penn -, nos EUA, no Department of History of Art (2006). É pós-doutor em História, com bolsa FAPESP, pelo History Department da New York University - NYU - (2016). É membro fundador da Associação Ibero-Americana de História Urbana - AIHU. É, também, membro do ICOMOS-Brasil. Recebeu o prêmio jovens arquitetos na categoria Ensaios Críticos do Instituto de Arquitetos do Brasil, sessão São Paulo, em 2004, e Menção honrosa no prêmio Luís Saia, na categoria ensaios críticos, do Instituto de Arquitetos do Brasil, Sessão São Paulo, em 2007. É autor de diversos livros. Na Unifesp, coordena o Grupo de Pesquisa CAPPH - Cidade, Arquitetura e Preservação em Perspectiva Histórica. . Entre 2017 e 2019 foi Coordenador da Câmara de Pós-Graduação e Pesquisa da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da UNIFESP. É, atualmente, um dos editores da Thésis, revista da ANPARQ - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Arquitetura e Urbanismo.
 
 
Campus São José dos Campos: 
Horácio Yanasse

Possui graduação em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1974), mestrado em Análise de Sistemas de Aplicações pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1977), doutorado em Pesquisa Operacional pelo Massachusetts Institute of Technology (1981), e Livre Docente em Pesquisa Operacional pela Universidade Federal de São Paulo (2011). Foi pesquisador do Instituto de Pesquisas Espaciais de 1975 a 2013, onde exerceu por algumas vezes as funções de Chefe de Laboratório Associado, Chefe de Centro, e Coordenador de Programa de Programa de Pós-Graduação. Foi também membro do Conselho Técnico Científico do INPE como representante dos pesquisadores. Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional (SOBRAPO) por duas gestões (2011 a 2014), Editor Chefe da revista Pesquisa Operacional por 10 anos, Presidente da ALIO (Associação Latino-Ibero-Americana de Pesquisa Operacional, 2002 a 2004), e Vice Presidente da IFORS (International Federation of the Operations Research Societies) indicado pela ALIO (2007-2009). Atualmente é Diretor de Publicações da SOBRAPO. Atuou(a) como convidado ou membro do CA/CNPq na área de Engenharia de Produção e Transportes (1999, 2000 a 2002, 2006 a 2009, 2010 a 2013, 2016 a 2019), de Comissões de Avaliação da CAPES na área Multidisciplinar/Interdisciplinar (1999, 2005 a 2010) e das Engenharias III (2010 a 2017), e de Comissões de Avaliação na FAPERJ (2007 a 2017), como Editor Associado ou Membro do Conselho Consultivo ou Conselho Editorial de algumas revistas científicas como a revista Pesquisa Operacional da Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional, Revista Gestão e Produção do Departamento de Engenharia de Producão da Universidade Federal de São Carlos, revista Produção (Production) e revista Brazilian Journal of Operations & Production Management da Associação Brasileira de Engenharia de Produção, revista InfoComp Journal of Computer Science do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Lavras. Desde 2013 é Professor Titular na Universidade Federal de São Paulo, onde exerceu a funçâo de Coordenador da Câmara de Pós-graduação e Pesquisa do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) e Coordenador de Programa de Pós-Graduação em Associação com o ITA em Pesquisa Operacional no campus de São José dos Campos. Atualmente é o diretor acadêmico do ICT da UNIFESP, campus São José dos Campos. Tem experiência na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Pesquisa Operacional, atuando principalmente nos seguintes temas: otimização combinatória, programação linear inteira, problemas de cortes de estoque. Possui artigos publicados em periódicos, e em eventos científicos; é co-autor de livros e de capítulos de livros; orientou ou co-orientou, com sucesso, doutores, mestres, bolsistas de iniciação científica, e trabalhos de conclusão de curso; e participou também como membro de bancas examinadoras diversas: de Dissertação, de Tese, de Progressão na Carreira, de Concurso Público etc. Ao longo de sua vida acadêmica recebeu alguns prêmios, homenagens e distinções.

Suplente: Maria Elizete Kunkel

MARIA ELIZETEDocente na área de Engenharia Biomédica do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) de São José dos Campos SP. Pesquisadora com bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora CNPq DT2. Docente do Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica da UNIFESP e do Mestrado acadêmico em Engenharia Biomédica da Universidade Federal do ABC. Graduada em Física (UFC), especialista em Jornalismo Científico (UNICAMP), mestre em Bioengenharia (USP) e PhD em Biomecânica (Universität Ulm, Alemanha). Coordena o Grupo de pesquisa do CNPq Biomecânica e Forense da Unifesp desenvolvendo projetos na área de Tecnologia Assistiva, manufatura aditiva e forense. Coordena o Programa Social da Unifesp Mao3D de Protetização e Reabilitação de Amputados. Pesquisadora do Centro de Antropologia e Arqueologia Forense (CAAF) da UNIFESP em projeto conjunto com a Universidade de Oxford, Inglaterra. Integra a diretoria da Sociedade Brasileira de Biomecânica. Embaixadora da ONG americana Women in 3D Printing no Brasil. Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Site www.biomecanicaeforense.com. Mãe de um filho de 13 anos e atuante na causa das mulheres na ciência.

 

Campus Baixada Santista: 

Ronaldo Christofoletti

 Minha atuação profissional integra duas áreas de conhecimento: Ciências do Mar e Comunicação Científica. Biólogo de formação, a linha de pesquisa em Ciências do Mar iniciada desde a graduação segue até hoje com estudos de ecologia trófica, ecologia de populações, ecologia de comunidades e, mais recentemente, com abordagens interdisciplinares na Ciências do Mar, pesquisando na interface entre ecologia, oceanografia, poluição marinha, gestão costeira e aspectos socioecológicos e econômicos. Os principais temas de interesse nesta área são como padrões e processos de comunidades marinhas são influenciadas pelos múltiplos estressores na zona costeira em diferentes escalas de espaço e tempo. Em 2012 fui contratado na UNIFESP para metodologia e comunicação científica e, desde então, venho desenvolvendo uma carreira acadêmica nesta área. Além de palestras e dos cursos de graduação e pós-graduação, sou consultor do Conselho Britânico para workshops de Comunicação Científica, fui treinador dos finalistas das competições nacionais (Famelab/British Council e ScienceSlam/Euraxess) em 2018, participante da Rede de Especialistas em Conservação e Comunicação da Fundação Grupo Boticário. Mais recentemente integrei as duas linhas de pesquisa para atuar na interface ciência-políticas públicas-sociedade. O objetivo é entender como a comunicação científica pode fortalecer a tomada de decisão e o engajamento entre Universidade e sociedade e quais métodos mais eficazes. Desta linha criou-se o projeto ?Maré de Ciência? onde estão sendo desenvolvidos os Programas de Ciência Cidadã e de Políticas Públicas Participativas para a zona costeira. Atualmente, contribuo em diferentes esferas da gestão e consolidação do Instituto do Mar da UNIFESP e no fortalecimento de sua proposta sobre a interdisciplinaridade nas Ciências do Mar. Sou participantes de diferentes redes e projetos brasileiros; sou um dos representantes brasileiros no Processo Regular para avaliação do ambiente marinho, incluindo aspectos socioeconômicos, da ONU e responsável pelo projeto (CNPq) para desenvolver a Estratégia Brasileira de Comunicação para a Década dos Oceanos, em parceria com a UNESCO e Fundação Grupo Boticário. Minha atuação se dá por uma extensiva rede de colaborações nacionais e internacionais, com destaque ao intensivo investimento na consolidação de parcerias entre o Brasil e Reino Unido ao longo dos últimos 10 anos, com uma visão de internacionalização que vai além de parcerias pontuais e do próprio grupo de pesquisa, mas gerando oportunidades que culminaram em financiamento, projetos e publicações entre outros colaboradores. A liderança e atuação interdisciplinar nestas áreas estão representadas no histórico profissional pelas dezenas de artigos científicos e de divulgação, capítulos e captação de recursos, junto a formação de recursos humanos e consolidação de um grupo de excelência integrando pesquisas nas áreas de Ciências do Mar e Comunicação Científica e entendendo a produção científica qualificada não como o final do processo científico, mas como o meio de transformação da sociedade.

Suplente: Veridiana Vera de Rosso

É professora Associada e Livre-Docente em Ciência de Alimentos da Universidade Federal de São Paulo - Campus Baixada Santista, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde e coordenadora da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus Baixada Santista da UNIFESP. Possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (2001), Doutorado em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas (2006) e Pós-Doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (2008). Publicou 66 artigos em períodicos especializados e 100 trabalhos em anais de eventos. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Química dos Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: pigmentos naturais, antocianinas e carotenoides, estabilidade, atividade antioxidante e biodisponibilidade de pigmentos e extratos naturais, solventes verdes para processos extrativos e alimentação escolar. Possui colaboração internacional com grupo de pesquisa da Itália e de Portugal.

 

Campus Osasco: 

André Roncaglia de Carvalho

andré roncagliaPossui graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003), mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007), doutorando visitante na University of Massachusetts Amherst (2014) e doutorado em Economia do Desenvolvimento pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP (2015). Atualmente é professor adjunto a-2 da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Geral, atuando principalmente nos seguintes temas: inflação e política monetária, economia monetária, macroeconomia do desenvolvimento, história do pensamento econômico, economia financeira e economia brasileira.

 

 

 

Suplente: Luciana Massaro Onusic

Professora Adjunta da Universidade Federal de São Paulo, é Doutora (2009) e Mestre (2005) em Administração, pela Faculdade de Economia, Administraçãoe Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP), possui trabalhos publicados em periódicos, com foco em Estratégia Organizacional. Possui também experiência na construção e formalização de acordos de cooperação acadêmica em nível internacional. No campo da gestão, atuou na coordenação de cursos tanto em graduação como em pós graduação. Além disso, já foi diretora executiva de Instituição de Ensino Superior. Seus interesses de pesquisa estão essencialmente orientados a: i) Qualidade na Prestação de Serviços, ii) Estratégias Competitivas, iii) Desempenho Organizacional (financeiro e não financeiro), iv) felicidade e bem estar. No setor produtivo tem atuado em projetos de pesquisa aplicada na mensuração da qualidade de serviços. Atualmente é diretora acadêmica da Escola Paulista de Política Economia e Negócios da UNIFESP.

 

Representante dos grupos de estudo e pesquisa:

Alexey Dodsworth

Doutor em Filosofia (regime de dupla titulação) pela Universidade de São Paulo (Brasil) e pela Università Ca Foscari Venezia (Itália) , sob orientação de Renato Janine Ribeiro e Fabrizio Turoldo. Mestre em Ética e Filosofia Política pela Universidade de São Paulo. Bacharel em Filosofia pela Universidade São Judas Tadeu (SP). Professor filiado ao Departamento de Filosofia e Bens Culturais da Università Ca Foscari Venezia (Itália); Conselheiro no Instituto de Estudos Avançados e Convergentes da Universidade Federal do Estado de São Paulo (IEAC/UNIFESP); membro efetivo da Sociedade Brasileira de Astrobiologia. Tem como principais focos de pesquisa e interesse os seguintes temas: filosofia contemporânea; filosofia política, ética e bioética; epistemologia; filosofia da ciência; transumanismo; filosofia da astrobiologia.

 Suplente: Amália Covic

 

Representantes dos doutorandos:

Leonardo Martins SIlva

Bacharel em Biomedicina (2011), Mestre (2014) e Doutorando do Programa de Biologia Molecular da Universidade Federal de São Paulo/ Escola Paulista de Medicina (UNIFESP/EPM) e sanduíche no Max-Delbrück-Centrum für Molekulare Medizin com a Associação dos Centros de Pesquisa Alemães Helmholtz (MDC, Alemanha) (2018). Atuou em diversos projetos de terapia celular e gênica para doenças cardiovasculares com lesões isquêmicas até 2014, iniciando após este período estudos no desenvolvimento de novas ferramentas terapêuticas para injúrias musculares, investigando a interação dos peptídeos e receptores do sistema calicreína-cininas com outros sistemas fisiológicos associados ao reparo tecidual. É também colaborador em projetos de sequenciamento NGS (Next-Generation Sequencing) e tecnologias associadas do Centro de Pesquisa e Diagnóstico Molecular de Doenças Genéticas da UNIFESP-EPM. Publicou 3 artigos como primeiro autor (contribuição igual), 7 artigos como colaborador e é autor de um capítulo na edição "Animal Models for Stem Cell Therapy" para Springer-Nature. Recentemente foi homenageado pela International Mariinskaya Academy (Moscou, Rússia), associado à Academia de História Natural da Rússia, tomando parte no conselho editorial dessa instituição (2019- atual). Possui experiência em: a) Pesquisa acadêmica na área de Genética e Biologia Molecular, com ênfase em Terapia gênica e Celular (Terapias avançadas), atuando principalmente nos seguintes temas: reparo tecidual, angiogênese, modelos animais experimentais, animais knockout, cininas e patologia molecular; b) Ensino, lecionando em caráter Curso Preparatório (2008-2013) e Curso Superior, cursos médicos e áreas da saúde (2016-atual); c) Liderança e gestão de pessoas, atuando como coordenador pedagógico (2011-2013, 2016).

 Suplente: Talita Guerreiro Rodrigues Húngaro

Fisioterapeuta, graduada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL, 2007). Doutoranda no Programa de Nefrologia da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP/EPM) com período sanduíche no Max Delbrück Center for Molecular Medicine (Berlim - Alemanha). Mestre em Ciências também pelo programa de Nefrologia (UNIFESP) e especialista em Prescrição do Exercício Físico no Tratamento de Doenças Crônicas e Associadas (UNIFESP, 2015-2016) e em Gestão em Ergonomia (FIP, 2012). Estágio e treinamento no Laboratório de Genética e Metabolismo do Exercício (UNIFESP) de Agosto/2015 a Fevereiro/2016.

 

Representante dos técnicos administrativos: 

Andrea Aurélio Borges

Graduada em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (2005) e Doutora em Ciências também pela Universidade Federal de São Paulo (2011). Sou servidora no cargo de técnico administrativo em educação (TAE) da Universidade Federal de São Paulo, lotada no Departamento de Psicobiologia atuando na área de neurociência. Atualmente represento os TAEs no Conselho de Pós graduação e Pesquisa (CPGPq) e no Instituto de Estudos Avançados e Convergentes (IEAC).

Suplente: Andréia Gomes Bezerra

Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (2004), Mestrado (2007) e Doutorado (2019) em Ciências pelo Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Farmacologia e Medicina do Sono, com ênfase em Neuropsicofarmacologia, Dependência de drogas e Saúde da Mulher. Atuou como membro relator e de apoio técnico da Comissão de Ética no Uso de Animais de Experimentação (CEUA/UNIFESP) (2015/2016) e exerceu a função de gerência laboratorial e de biotérios (2012-2016). Atualmente está alocada no Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo como Técnica Administrativa de Nível Superior exercendo a função de gerência de projetos clínicos.