Ronaldo Christofoletti

plataforma lattes CV Lattes   orcid icon 146132ORCID   google GoogleMyCitations  

Minha atuação profissional integra duas áreas de conhecimento: Ciências do Mar e Comunicação Científica. Biólogo de formação, a linha de pesquisa em Ciências do Mar iniciada desde a graduação segue até hoje com estudos de ecologia trófica, ecologia de populações, ecologia de comunidades e, mais recentemente, com abordagens interdisciplinares na Ciências do Mar, pesquisando na interface entre ecologia, oceanografia, poluição marinha, gestão costeira e aspectos socioecológicos e econômicos. Os principais temas de interesse nesta área são como padrões e processos de comunidades marinhas são influenciadas pelos múltiplos estressores na zona costeira em diferentes escalas de espaço e tempo. Em 2012 fui contratado na UNIFESP para metodologia e comunicação científica e, desde então, venho desenvolvendo uma carreira acadêmica nesta área. Além de palestras e dos cursos de graduação e pós-graduação, sou consultor do Conselho Britânico para workshops de Comunicação Científica, fui treinador dos finalistas das competições nacionais (Famelab/British Council e ScienceSlam/Euraxess) em 2018, participante da Rede de Especialistas em Conservação e Comunicação da Fundação Grupo Boticário. Mais recentemente integrei as duas linhas de pesquisa para atuar na interface ciência-políticas públicas-sociedade. O objetivo é entender como a comunicação científica pode fortalecer a tomada de decisão e o engajamento entre Universidade e sociedade e quais métodos mais eficazes. Desta linha criou-se o projeto ?Maré de Ciência? onde estão sendo desenvolvidos os Programas de Ciência Cidadã e de Políticas Públicas Participativas para a zona costeira. Atualmente, contribuo em diferentes esferas da gestão e consolidação do Instituto do Mar da UNIFESP e no fortalecimento de sua proposta sobre a interdisciplinaridade nas Ciências do Mar. Sou participantes de diferentes redes e projetos brasileiros; sou um dos representantes brasileiros no Processo Regular para avaliação do ambiente marinho, incluindo aspectos socioeconômicos, da ONU e responsável pelo projeto (CNPq) para desenvolver a Estratégia Brasileira de Comunicação para a Década dos Oceanos, em parceria com a UNESCO e Fundação Grupo Boticário. Minha atuação se dá por uma extensiva rede de colaborações nacionais e internacionais, com destaque ao intensivo investimento na consolidação de parcerias entre o Brasil e Reino Unido ao longo dos últimos 10 anos, com uma visão de internacionalização que vai além de parcerias pontuais e do próprio grupo de pesquisa, mas gerando oportunidades que culminaram em financiamento, projetos e publicações entre outros colaboradores. A liderança e atuação interdisciplinar nestas áreas estão representadas no histórico profissional pelas dezenas de artigos científicos e de divulgação, capítulos e captação de recursos, junto a formação de recursos humanos e consolidação de um grupo de excelência integrando pesquisas nas áreas de Ciências do Mar e Comunicação Científica e entendendo a produção científica qualificada não como o final do processo científico, mas como o meio de transformação da sociedade.

Suplente: Veridiana Vera de Rosso
É professora Associada e Livre-Docente em Ciência de Alimentos da Universidade Federal de São Paulo - Campus Baixada Santista, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde e coordenadora da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus Baixada Santista da UNIFESP. Possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (2001), Doutorado em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas (2006) e Pós-Doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (2008). Publicou 66 artigos em períodicos especializados e 100 trabalhos em anais de eventos. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Química dos Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: pigmentos naturais, antocianinas e carotenoides, estabilidade, atividade antioxidante e biodisponibilidade de pigmentos e extratos naturais, solventes verdes para processos extrativos e alimentação escolar. Possui colaboração internacional com grupo de pesquisa da Itália e de Portugal.